whatsapp telefone celular
link_article

Especialidade de Endodontia na GM Odontologia em Ceilândia

TRATAMENTO DE CANAL

Você já ouviu falar de endodontia? E de tratamento de canal? Pode deixar que os profissionais da GM Odontologia em Ceilândia vão explicar o que é e como funciona.

Endodontia é a área da odontologia que se especializa no diagnóstico e tratamento de patologias que afetam a parte interior do dente. Ou seja, o canal. O tratamento de canal visa reparar e preservar um dente que tenha sido bastante contaminado ou danificado ao invés de fazer a extração desse dente, como era feito anos atrás.

É bastante comum que os agentes causadores de uma infecção dentro do canal do dente sejam fraturas, cáries profundas, tratamentos dentários repetitivos e traumas. Justamente por cuidar do interior da raiz do dente que esse tratamento recebe o nome “tratamento de canal”.

Como funciona esse tratamento?

O tratamento de canal é feito por uma série de passos que podem exigir algumas visitas ao consultório odontológico, dependendo da situação.

Os dentes precisam ser examinados pelo endodontista e pode ser solicitada uma radiografia. Após feita essa avaliação, será marcada uma nova consulta para que o tratamento tenha início. Dependendo de como se encontra a situação do dente, ou dos dentes afetados, o endodontista pode precisar realizar um procedimento chamado de pulpectomia. Nesse procedimento, o especialista remove a polpa contaminada do dente, limpa a câmara da polpa e os canais. Deixando-os preparados para receber um material de preenchimento chamado de guta-percha.

Nos casos em que mais de uma visita seja necessária, é colocada uma restauração temporária na abertura da coroa do dente afetado. Isso vai proteger o dente durante esse tempo entre consultas.

Chegando na etapa final do tratamento, é colocada uma coroa sobre o dente afetado. Essa coroa vai restaurar o dente ao seu formato e aparência natural. Caso este dente encontre-se quebrado, é colocado um pino para arrumá-lo antes de posicionar a coroa.

Isso dói?

Antigamente o tratamento de canal realmente era um procedimento doloroso que causava medo nas pessoas que precisavam realizá-lo. Muitas vezes essas pessoas postergavam o tratamento por causa do medo da dor e acabavam tendo que extrair os dentes contaminados.

Mas isso é coisa do passado, pois com os avanços das técnicas anestésicas e cirúrgicas, o tratamento de canal se tornou tão tranquilo e indolor quanto fazer uma restauração. Comumente, dentes que apresentam lesões muito profundas são causadores de muitas dores e o tratamento de canal pode ser justamente a solução para este problema. Quando não realizado o tratamento, a polpa do dente infectado pode causar um abscesso no dente e destruir o osso ao redor dele.

Quando bem cuidado, o dente no qual foi realizado o tratamento pode durar uma vida inteira. Ou seja, tratamentos de canal têm uma altíssima taxa de sucesso e são significativamente mais acessíveis que métodos alternativos, como extração, substituição de ponte ou implante.

De qualquer forma é muito importante que o paciente mantenha uma boa higiene bucal e faça exames periódicos para evitar problemas. A cárie dentária pode ocorrer mesmo em dentes que já foram tratados.

Endodontistas costumam pedir novos exames de radiografia após o término do tratamento para comparar as novas radiografias com as antigas e determinar se o osso continua reabsorvido ou se está regenerando. Assim o especialista consegue determinar se o tratamento obteve sucesso total.

Venha fazer uma avaliação na GM Odontologia em Ceilândia, Distrito Federal, e nossos especialistas vão determinar qual o melhor tratamento para você!