whatsapp telefone celular
link_article

ORTODONTIA PREVENTIVA

Você conhece a ortodontia preventiva?

O que chamamos de ortodontia preventiva nada mais é do que os cuidados com a saúde, estética e funcionamento bucal de crianças a partir de 6 ou 7 anos. Como é nessa idade que os dentes estão se desenvolvendo e o maxilar ainda se encontra em crescimento, é muito importante ficar de olho pois alguns problemas se tornam mais fáceis de tratar.

O início precoce do acompanhamento não se aplica a todos os problemas ortodônticos que a criança possa ter futuramente. No entanto, pode prestar ajuda em certos casos.

Um dos problemas que exige a intervenção precoce é a mordida cruzada. Esse problema pode fazer com que o maxilar cresça de forma irregular. Outro problema que pode ser mais facilmente resolvido se tratado precocemente é a sobremordida. Prevenindo inclusive a possível fratura dos “dentes salientes” presentes na sobremordida. Já que esses têm a tendência de quebrar com maior facilidade.

É preciso cuidar.

Se já é necessária atenção à higiene bucal de crianças, essa atenção tem que ser dobrada para crianças que usam aparelhos ortodônticos. É importante que a criança enxague o aparelho ortodôntico com água de três a quatro vezes ao dia para retirar restos de alimentos e em seguida é importante que o aparelho seja escovado.

É importante também pedir para a criança passar o fio dental e usar enxaguante bucal todas as noites antes de dormir. Esse hábito saudável vai ajudar a manter os dentes fortes e saudáveis além de remover partículas de comida e placa bacteriana na gengiva e embaixo dela que podem se transformar em tártaro se não removidas.

Entendemos que o uso do fio dental é complicado quando a pessoa usa aparelho ortodôntico e que existem lugares aos quais a escova de dentes simplesmente não alcança. Confira essas 3 dicas que vão facilitar o uso do fio dental com aparelhos ortodônticos:

  • Ferramenta correta – Procure usar uma pequena ferramenta chamada “passador de fio dental ortodôntico”. O passador pode ser encontrado em praticamente todas as farmácias e drogarias e ele facilita que o fio dental alcance a margem gengival.
  • Ajude os pequenos – No geral, crianças pequenas não possuem a habilidade de passar corretamente o fio dental e provavelmente vão precisar de ajuda. A recomendação é pedir que a criança se sente em um lugar iluminado, já que pode demorar um pouco.
  • Fios com cera – Agora você já está usando o passador de fio para ajudar na higiene bucal, mas reparou como o fio dental comum enrosca fácil e arrebenta facilmente? Por isso recomendamos a utilização dos fios com cera em conjunto com o passador de fio. Assim o fio desliza mais facilmente entre os dentes

Com qual frequência preciso levar meu filho ao dentista?

A visita regular no dentista é ótima para manter a saúde bucal em dia. O recomendado é que a criança vá ao dentista a cada seis meses para fazer uma limpeza e avaliação. Durante essa consulta o dentista poderá apontar áreas que necessitam de maior atenção e garantir que os dentes estejam limpos e saudáveis.

Lembre-se que pais e responsáveis devem ter um papel ativo no desempenho do cuidado odontológico dos filhos, em especial se a criança usar aparelho ortodôntico. E para que o cuidado seja completo, agende a avaliação do seu filho com os dentistas da GM Odontologia em Ceilândia, Brasília!